CASA DE VIDRO: PROGRAMA CULTURAL IMPERDÍVEL DO VERÃO PAULISTANO
Projeto de Lina Bo Bardi é um ícone da arquitetura moderna no Brasil

 

 

Um dos lugares mais especiais de São Paulo, a Casa de Vidro é daqueles programas para a gente repetir sempre. E durante esse verão a coisa toda está mais bacana ainda: até 23 de março, o Pavilhão de Verão tem programação de primeiríssima com espetáculos de dança, música, palestras, aulas de desenho, ioga ao ar livre... A agenda está sendo atualizada no perfil do Instagram, não deixe de seguir: @institutobardi


Ícone da arquitetura moderna no Brasil, foi o primeiro projeto construído da arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi, entre 1950 e 1951, no local onde originalmente era o loteamento da Fazenda de Chá Muller Carioba, no bairro do Morumbi. Com sua fachada envidraçada que parece flutuar sobre pilares, ali foi a residência do casal Lina Bo e Pietro Maria Bardi por mais de 40 anos.


Floresta particular
O jardim é um caso à parte: verdadeiro oásis em meio à frenética metrópole. Cuidadosamente planejado (e plantado!) pela própria Lina em uma área de 7.000 m², expressa o amor do casal pela riqueza natural do Brasil. A vegetação rasteira da época transformou-se em uma floresta particular, com trilhas decoradas com pedras e cacos de cerâmica com diferentes padronagens (não deixe de olhar para o chão enquanto caminha por lá!).


Agenda cultural
Além de marco arquitetônico, a Casa de Vidro tornou-se ponto de encontro de artistas, arquitetos e intelectuais. Espaço de troca de ideias entre pesquisadores, profissionais e estudantes do Brasil e do exterior, a construção foi tombada pelo CONDEPHAAT em 1987, e hoje abriga a sede do Instituto Lina Bo e P.M. Bardi que tem como objetivo promover a arquitetura, design, urbanismo e arte brasileira.


Até 24 de fevereiro, está em cartaz por lá a exposição da artista mineira Sonia Gomes. Batizada de  Ainda assim me levanto, em referência ao poema Still I Rise, de Maya Angelou, escritora e ativista americana reconhecida por sua luta em favor dos direitos civis, a mostra é outro ótimo motivo para uma visita à Casa de Vidro o quanto antes. Divirta-se – e inspire-se muito!


VÁ LÁ: de quinta a sábado, com visitas guiadas às 10h, 11h30, 14h e 15h30
Onde: Rua General Almerio de Moura 200, Morumbi, São Paulo
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada)

Mais informações no site: institutobardi.org

 



Perfume de lavanda traz aconchego para a casa, experimente!

Saiba mais

 

 

 

Em tom esverdeado, o sabonete em barra Brisa Tropical combina com o jardim da Casa de Vidro

Saiba mais

 

 

 

A fragrância Patchouli é para aqueles dias em que tudo que desejamos é passear pela floresta

Saiba mais