SAIBA COMO IMERGIR NA CULTURA LOCAL DE CADA DESTINO QUE VOCÊ VISITA

Descubra o que é turismo de experiência e por que está cada vez mais popular entre os viajantes

Viajar é muito bom! Essa parece ser uma premissa comum para maioria das pessoas. Mas o que significa viajar para você? Qual o sentido de organizar a rotina, reservar dinheiro e investir tempo para desbravar lugares desconhecidos?

Em um mundo cada vez mais digital, conectado e com as informações tão acessíveis, somos capazes de viajar sem sair de casa. A internet e as redes sociais criaram uma sensação de familiaridade com pessoas e lugares que somos capazes até de nos sentirmos próximos sem nunca antes ter um contato físico ou experiência real.

Claro que para os amantes de uma boa aventura nada substitui o prazer de fazer as malas, sair de casa e tirar um tempo para desbravar a cultura local de um lugar novo. Mas o que pode estar mudando é a forma e o sentido de se fazer isso.

Turismo de experiência: além dos cartões-postais

Os roteiros turísticos tradicionais, aqueles amplamente divulgados em sites e fotografias nas redes sociais, já parecem tão familiares que desperta o desejo de querer saber mais. Nasce o desejo de descobrir como realmente vive um morador ‘local’ e não apenas ser um observador.

O viajante do novo século tem a vontade de experimentar os costumes, gastronomia, cultura local, música, arte e história. Assim cresce cada vez mais o interesse e a procura pelo chamado Turismo de Experiência, uma forma de fazer turismo onde existe interação real com o espaço visitado. 


Não basta apenas conhecer a praia de Copacabana, a Torre Eiffel ou a Estátua da Liberdade. O viajante que busca o turismo de experiência quer saber como vivem as pessoas daquelas culturas. Para essa pessoa cada território é único e tem muito mais a oferecer do que os pontos turísticos. Ele não quer apenas conhecer o restaurante popular local e sim conhecer os ingredientes tradicionais da região e aprender a cozinhar com os chef, por exemplo.

Uma imersão na cultura local

No turismo de experiência, o viajante busca roteiros de viagem que explorem os sentidos e as emoções. Para esse tipo de turista, essas experiências são tão valiosas quanto a beleza das paisagens.

Com o aumento da procura de “programas alternativos”, existem cada vez mais ofertas desse tipo de pacote turístico, com adaptações para atender a todos os orçamentos – a exemplo, aqui no Rio, há um guia acompanhado para explorar e conhecer melhor as obras de mais de 50 obras de artistas de rua na região portuária, chamada de Museu de Arte Urbana do Porto, fugindo totalmente do Pão de Açúcar ou da Praia de Ipanema.   

As agências de viagem têm feito roteiros exclusivos, adaptados ao perfil do grupo. É possível definir um roteiro que envolva imersão em um único tema como gastronomia; ou outro que misture roteiro histórico com gastronomia e atividades de aventura – como trilhas, passeios de barco, balão entre outras ideias.