ROTA DO VINHO: QUAIS OS MELHORES DESTINOS PARA OS AMANTES DA BEBIDA?

Selecionamos 13 lugares ao redor do mundo que valem a pena a visita — e a degustação!

Viajar já é uma delícia, novos ares, sabores e culturas diferentes que permite à gente se renovar e parar um pouco de pensar nos problemas. Agora, que tal unir suas viagens à outra paixão: o vinho? Conhecer vinhedos, a fabricação da bebida e se deliciar com vistas que parecem ter saído dos filmes é muito especial e garantia de momentos bem-vividos.

Por isso, se você já está saindo de férias ou pretende em breve, reunimos aqui no blog 13 opções de rota do vinho para você começar a pensar no assunto. De quebra, você também descobre algumas vinícolas que valem a tour. 

Rota do vinho: por onde começar?

Do Brasil à Austrália, reunimos os principais lugares de todo o mundo para os amantes do vinho, bebida atemporal e que ainda permite drinks contemporâneos. Vamos lá?

Serra Gaúcha, no Brasil

Não bastasse o charme de Gramado, Canela e toda região serrana, o Rio Grande do Sul tem vinícolas especialíssimas. O outono e inverno gaúchos são boas opções para curtir um friozinho que pede uma taça de vinho para ficar mais aconchegante.


O Vale dos Vinhedos, entre as cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, conta com as principais vinícolas. É uma região que recebeu os primeiros imigrantes italianos e, assim, tem atrativos extras. Veja algumas opções para visitar.

·  Peterlongo, em Garibaldi: a visita começa pelo museu, com a história do local, passando pela fabricação e degustação. Detalhe: é a única que pode usar o termo champanhe no Brasil, por conta dos cuidados com os métodos de produção.

·  Casa Valduga, em Bento Gonçalves: você pode fazer visitas guiadas, degustações e até cursos rápidos para entender mais sobre a bebida. A história do lugar começou em 1875, ou seja, é um passeio cheio de tradição e história.

Mendoza, na Argentina

Mendoza é uma cidade feita para quem ama boa gastronomia e, claro, vinhos. Além da vida deliciosa a céu aberto, graças aos parques que faz você se sentir na Europa, os passeios pelas vinícolas são uma experiência única. No outono, as folhas secas e alaranjadas proporcionam uma vista poética! Uma dica é alugar uma bicicleta para pedalar pelos vinhedos e, claro, fazer algumas paradas para se deliciar com um bom malbec. Veja nossas indicações:

·  Viamonte: local amplo, para respirar o ar dos Andes, com um belo caminho entre as parreiras e com visitas intimistas, com muita degustação — aliás, não deixe de experimentar o azeite deles, tão bom quanto os vinhos.

·  Carmelo Patti: Carmelo é o dono do lugar que recebe os visitantes pessoalmente, seu conhecimento sobre como escolher vinhos é delicioso de ouvir. Detalhe: ele não conta com plantações, pois faz questão de comprar somente as melhores safras de uva!