DESCUBRA A EXÓTICA PIMENTA DO NEPAL, PROTAGONISTA DO PERFUME TIMUR

Conheça o principal ingrediente da fragrância e as curiosidades do país

Se você nunca ouviu falar sobre a pimenta Timur, ok, não precisa se sentir pouco antenado, não. Ela é rara mesmo, principalmente como matéria prima para perfumaria

Trata-se de uma pimenta especialíssima originária do Nepal com frutos pequeninos e um tom intenso de vermelho que lembra a cor da fruta do café. O ritual de sua colheita, feita pelos moradores da região, é particularmente encantador, com direito ao belo cenário da paisagem montanhosa da região dos Himalaias.

Timur é uma verdadeira joia descoberta para ser usada em perfumaria pela consagrada casa de fragrância francesa Mane, cujo perfumista responsável é Serge Majoullier, famoso no métier por sua especialização em matérias primas naturais.

No vídeo de sua viagem ao Nepal, para pesquisar essa matéria-prima tão especial e absolutamente inovadora, ele diz com brilho nos olhos: “Queria descobrir algo novo assim como uma criança descobre o mundo com seus próprios olhos. Para mim, isso é mágica”.



Ainda no vídeo, o executivo da Mane, David Morenon, completa: “nós não descobrimos somente um produto maravilhoso, mas também uma história bonita. Desejamos que nossa parceria com o povo do Nepal continue por muitas e muitas gerações”, enfatizando que a empresa trabalha com total responsabilidade para apoiar e desenvolver os recursos sociais e naturais da região, preservando a biodiversidade para as gerações futuras.

Vale a pena assistir ao vídeo, que mostra a expedição da dupla ao Nepal em busca da Timur. A estética do lugar é linda, com colorido único. O povo simples, trabalhador, alegre e elegante por natureza é pura inspiração.



Conheça Timur: novo perfume da Biblioteca Olfativa Phebo inova com o mistério e o frescor da especialíssima pimenta originária do Nepal

Como se fosse uma expedição rumo ao encantamento exótico da misteriosa região das montanhas dos Himalaias, a fragrância tem ainda o toque de fundo amadeirado que traduz tão bem a autenticidade da natureza e a genuína alegria das pessoas que vivem por lá.

Da família olfativa Cítrico Especiado Amadeirado, o Timur é composto por notas da própria pimenta, grapefruit e cardamomo na saída combinadas com lavanda, madeira de cashmere e magnólia, como notas de corpo, e para um fundo quente e amadeirado, notas de pathcouli, vetver e âmbar dão o tom de uma criação original e evolutiva.   

Outro ponto alto de Timur é que o perfume é rico em óleos naturais, além de ser produzido com álcool extra neutro e macerado (assim como todos os perfumes Phebo). O resultado é uma fragrância com notas encorpadas e olfativamente fiéis às suas matérias-primas.

Seguindo o conceito da Biblioteca Olfativa, a caixa em forma de livro traz as estampas dos carimbos utilizados nos tapetes típicos da região, feitos com todo o talento dos artesãos locais.

Apesar de ser ótimo para usar o ano todo por conta de suas nuances cítricas e amadeiradas, Timur traz espírito de aventura e alegria aos dias frios de inverno.




Aventura e paz nas montanhas

Altos picos do Himalaia, florestas subtropicais densas e os santuários do Vale de Katmandu: o país do sul da Ásia oferece experiências memoráveis

Localizado entre os picos do Himalaia e as planícies da Índia, o Nepal não tem litoral. É uma mistura de florestas, gelo e beleza arquitetônica, sobretudo por causa dos templos antigos. 

O país é conhecido por ter algumas das montanhas mais altas do mundo, incluindo o Monte Everest. Por lá há enorme variedade de trilhas nas montanhas e florestas, para novatos e experientes.

Para esportistas (ou quase!) 

Os mais corajosos podem se aventurar em escaladas nas ladeiras da Montanha de Shivapuri (o Shivapuri Nagarjun National Park merece uma visita!) ou mountain-biking pelo Vale de Kali Gandaki, um dos desfiladeiros mais profundos do mundo. Outra aventura é praticar rafting descendo as corredeiras dos principais rios do país, incluindo os Rios Bhote Koshi e Kali Gandaki. 

A famosa Grande Trilha do Himalaia oferece caminhadas por toda a extensão do Nepal. Diversas rotas passam por vales verdes, florestas subtropicais e cadeias de montanhas. Por conta de uma mudança na lei em 2012, qualquer pessoa que quiser fazer uma trilha no Nepal deverá estar acompanhada de pelo menos um guia registrado pelo governo (e isso é muito bom!).

Quem prefere atividades mais tranquilas pode optar pelo safári de elefante pelo Parque Nacional de Chitwan, na região centro-sul do Nepal. Por lá, é emocionante observar os rinocerontes e tigres de bengala. Há também as aves típicas e outras espécies ameaçadas nas planícies de Terai.



Cultura e espiritualidade

Não deixe de descobrir mais profundamente sobre meditação e budismo tibetanos no Monastério de Kopan. É uma experiência com poder de transformar a vida da gente! 

Faça um tour por templos, palácios, monumentos e bazares de Catmandu, a maior cidade do país. Passeie pelas vielas do bairro antigo de riquixá (meio de transporte local em que uma pessoa puxa a carroça de duas rodas). 

O Vale de Catmandu também vale a visita (por lá, não deixe de se maravilhar pelo artesanato local – e, claro, reserve tempo para umas comprinhas preciosas).

Tente acrescentar ao roteiro uma vista ao Swayambhunath, complexo religioso também ao pé das montanhas, onde centenas de macacos rhesus ficam passeando (não à toa, o lugar ganhou fama como o “Monkey Temple”).




Locomova-se pelo Nepal de táxi, bicicleta ou ônibus. Atualmente, há poucas estações de trem, e os turistas não podem dirigir carros sozinhos. O site Welcome Nepal tem todo o mapa da mina. São diversas opções, pesquise e faça suas escolhas. 

Estamos para aqui para isso: inspirar a vida, sempre! 

PS: Tire muitas fotos lindas e lembre-se sempre de guardar as suas mais afetivas memórias em álbuns feitos à mão. Já falamos aqui sobre eles, tradição cheia de afeto que vale a pena resgatar. 

 


 

Perfume Timur