Perfume de flores: geração após geração conquistando homens e mulheres

Perfume de flores: geração após geração conquistando homens e mulheres
Publicado em: Biblioteca Olfativa

Eles são um universo mágico da perfumaria que encanta as pessoas há muito tempo

Os perfumes de flores são um clássico dos clássicos! Inclusive, dizem que Cleópatra era uma grande fã das rosas: “Ao esperar Marco Antonio, ela mandou borrifar água de rosa nas velas para que o cheiro antecipasse sua chegada. Dizem também que o quarto dela, para esperá-lo, tinha cerca de 10cm de pétalas da flor”, comenta Helen Augusto, especialista em fragrâncias e autora de artigos para o Fragrantica (no canal dela você encontra conteúdos incríveis). 

O fato é que as fragrâncias de flores apresentam um mundo de possibilidades. “Perfumes com cheiros de rosa contam com uma variação que a perfumaria considera infinita, porque há a possibilidade de combinar com peônias e gerânios”, explica a especialista. E, claro, existem ainda a violeta, o jasmim, a flor de laranjeira… 

Os perfumes de flores podem ser usados em diversas ocasiões, por homens e mulheres, e, aqui, vamos mostrar um pouco desse universo delicioso e como você pode escolher uma fragrância que combine com seu jeito!

Perfumes de flores: o motivo para tanto sucesso

É bem difícil existir uma fragrância sem nenhuma nota floral em sua construção. “As flores desempenham um papel essencial na saída, no corpo e no fundo da fragrância. Poucos grupos de ingredientes contemplam esses três itens. Quase ninguém faz uma fragrância sem flores e elas estão presentes tanto em perfumes femininos quanto masculinos porque trazem profundidade e solidez”, conta Helen.

Enquanto fragrâncias cítricas são superimportantes para as notas de saída e os especiados para as de saída e fundo, por exemplo, as flores podem ser usadas tanto na saída quanto no corpo e no fundo. 

De acordo com Helen, “as flores são um grupo de ingredientes que, sozinhas, poderiam construir uma fragrância” — e isso só não é feito porque talvez o cheiro não durasse tanto na pele.

As flores mais clássicas da perfumaria: conheça esses ingredientes

As flores que originam os perfumes são divididas em três categorias. Cada uma delas é bem específica e dá um toque especial à fragrância. A seguir, Helen Augusto nos ajuda a entender melhor a divisão!

Flores leves

O que peônia, frésia, magnólia e muguet (também conhecido como lírio-do-vale) têm em comum? Essas são flores classificadas como leves e bastante usadas nas notas de saída de um perfume. “Elas têm uma qualidade de alegria, são mais arejadas”, comenta a especialista.

Além dessas, o óleo essencial de néroli, que vem da flor de laranjeira, pode ser considerado como uma flor leve. “Ele é destilado em água de flor de laranjeira, que resulta em um perfume fresco e cítrico, com grande força, mas que ainda é uma flor”, explica Helen Augusto. 

Flores opulentas

As flores opulentas ou pesadas são responsáveis para dar o corpo e o coração de uma fragrância e são as mais famosas da perfumaria clássica, usadas há centenas de anos. Entre elas estão ylang ylang, tuberosa, jasmim, rosa e flor de laranjeira.

De acordo com Helen, as opulentas também são consideradas narcóticas. Mas esse adjetivo, na perfumaria, faz referência ao que é “intenso e marcante, com uma qualidade ardente e, em alguns casos, calmante”.

Para quem se preocupa com a fixação, as flores opulentas duram mais na pele. “Elas são responsáveis por uma perfumação mais intensa, enquanto as leves duram menos”, explica Helen.

Flores potentes

As flores potentes são um meio termo entre as leves e as opulentas. O gerânio de Bourbon, por exemplo, que “tem um forte cheiro rosado de longa duração e com menta na saída", é usado na perfumaria compartilhável.

A violeta odorata, de origem europeia, o cravo-flor (ou carnation) e a íris são outras flores potentes mais comuns. “A íris tem um cheiro talcado, usado como nota de fundo, e lembra muito cheiro de maquiagem”, relata a especialista.

Óleos essenciais ou reconstituições em laboratório: de onde vêm as fragrâncias?

Nem toda nota de perfume floral é extraída de óleos essenciais — isso acontece com as flores leves. “Elas são frágeis para serem destiladas, quase não têm óleo essencial. Então, são reconstituídas em laboratório e, na composição, levam ingredientes naturais. Por exemplo, a peônia tem cheiro rosado, assim, no laboratório, é feita com um pouco de rosa, menta, notas verdes — isso é tudo natural”.

Muitas vezes, condições naturais — como tempestades, secas e pragas — interferem na safra das flores, que atinge a produção de óleos essenciais. Para não correr riscos, a perfumaria trabalha com o sistema de mixagem de safras e, segundo Helen, “isso permite que a perfumaria tenha um cheiro equivalente o ano inteiro”.

Algumas marcas, inclusive, trabalham com o conceito de safra, como Helen comenta: “é explicado aos consumidores que o produto pode não estar disponível o ano todo. Também, nas próximas safras, o perfume tende a vir com algumas diferenças”.

Para homens e mulheres: os florais são compartilhados

Os perfumes de flores são altamente compartilhados — violeta, íris e gerânio, como Helen diz, são as mais usadas por homens.

“Mais isso não significa que as outras flores não entram nessa categoria. A flor de laranjeira e a rosa também são compartilháveis — tudo depende da combinação”.

Ao escolher as fragrâncias de flores, o que mais conta é a sensação de aconchego que o perfume provoca, e não o fato de ser classificada como feminina ou masculina.

Perfumes florais: o que eles dizem sobre sua personalidade?

Isso varia muito com cada escolha. As flores opulentas, por exemplo, podem indicar “pessoas fortes, clássicas e vibrantes. Já os perfumes de flores mais leves, frutados e amadeirados, em geral, atingem pessoas românticas e que gostam de leveza”, comenta Helen. Eles também podem indicar um momento em que você queira mostrar mais presença ou alegria.

Os florais da Perfumaria Phebo: qual combina mais com você?

A Phebo tem várias opções em que as flores são protagonistas e podem ser uma ótima escolha para combinar com o humor do seu dia. Conheça algumas que selecionamos!

  • Águas de Phebo: a linha de eau de cologne, em embalagens de 260ml, tem opções frescas e marcantes, como a Água de Jasmim, de Néroli e de Peônia, que trabalham essas flores de forma inusitada.
  • Colônia Gerânio Bourbon: este floral verde tem um equilíbrio perfeito entre as notas de corpo de gerânio e fundo de musk, âmbar e cedro.
  • Trio Mini Colônias Lavanda: normalmente, a lavanda é considerada aromática com suas notas canforadas, mas a opção Flor de Lavanda, que vem no trio, é um floral refrescante.
  • Aura: o perfume é um floral amadeirado, com notas de corpo de néroli e cedro, e madeira ambarada de fundo.
  • Carnaval: as notas de corpo desta opção floral frutal são todas de flores — muguet, rosa e gardênia.

A variedade de perfumes de flores é riquíssima e vale a pena conhecê-los. Lembre-se de testar cada um na pele para sentir qual tem mais a ver com sua personalidade ou seu humor. O mais mágico das flores é o quanto elas podem nos surpreender!

“Se tiver acesso a um arbusto de rosa, note se você não sente que o cheiro dela muda ao longo do dia. Inclusive, a intensidade cresce antes de temporais. No geral, as rosas são colhidas antes do nascer do sol. Se fosse depois, o perfume não seria o mesmo”, comenta Helen. Incrível, não é?

Gostou de saber mais sobre o universo dos perfumes de flores? Aproveite para compartilhar com seus amigos que adoram perfumes florais!

Carregando...
222 visualização(ões)

Colaborou para este conteúdo

Perfumaria Phebo
Perfumaria Phebo

Em 1930, os primos portugueses Antonio e Mario Santiago fundaram em Belém - no coração da Amazônia - a Phebo, uma perfumaria de altíssima qualidade e com fragrâncias marcantes e originais. O nome Phebo, o deus grego do Sol, foi escolhido para simbolizar o nascimento de uma nova Era da perfumaria brasileira. Com mais de 90 anos de história, a Phebo mantém a sua tradição de inovar com fragrâncias únicas e sofisticadas.

Comentários
Deixe o seu comentário
Seu endereço de e-mail não será publicado